Mas um carnaval na cidade de são Salvador

Já é carnaval cidade, acorda pra ver…


Hoje a capital baiana acordou diferente, com uma energia contagiante, não há como não se contaminar. Em contagem regressiva os foliões aguardam ansiosos pelo início da maior festa de participação popular do planeta, o Carnaval de Salvador, que será aberto oficialmente nesta quinta-feira (03), pelo prefeito João Henrique. Acompanhado por percussionistas, baianas e capoeiristas, ele entregará as chaves da cidade ao Rei Momo, Edgar Passos, na Praça do Campo Grande.

Mas, como os baianos adoram essa festa não conseguiram esperar até a abertura oficial e anteciparam a folia para a noite de ontem (02). Com uma programação especial que contou com 12 bandas de sopro e percussão, os foliões animam as ruas da Barra, a partir das 21h. A festa contou ainda com a tradicional Lavagem do Habeas Copos que há 33 anos desfila pela região. Esse movimento cultural surgiu de forma espontânea, agora, graças a sua força ganha espaço no carnaval, seu trajeto ganhou ainda um nome especial: “Circuito Sérgio Bezerra de Carnaval Acústico”.

Mas, será somente às 20h de quinta-feira (03) que os foliões poderão, finalmente, celebrar a alegria nas ruas de Salvador. Os trios elétricos vão pedir passagem e seguidos por uma multidão brincarão ao som do samba, ritmo que irá predomina no circuito Osmar (Campo Grade), já que tradicionalmente hoje é o “dia do samba”, e será festejado com a saída de vários blocos de samba no centro da cidade.

Maior e mais belo Afoxé do Carnaval da Bahia

Porém quem pensa que a celebração ao samba é a única contribuição negra no carnaval está enganado, em quase todos os sete dias de festa haverá desfiles de afoxés e blocos afros. Segundo a prefeitura municipal da capital baiana, sairão às ruas 24 afoxés, 57 blocos afros, 22 de percussão, 28 de samba e 03 blocos de índios.

PATRIMÔNIO DA BAHIA – representantes máximos da cultura afrodescendente nas festas carnavalescas da Bahia, os Blocos dos Afoxés este ano tem um motivo a mais para festejar, já que, este será o primeiro carnaval após o tombamento desse tipo de bloco como Patrimônio Bahia. O decreto assinado em novembro de 2010, pelo governador Jaques Wagner no Palácio da Aclamação, em Salvador, estabelece que o desfile dos Blocos dos Afoxés seja Patrimônio Imaterial do Estado, constituindo assim um importante registro de luta para a preservação do patrimônio histórico cultural da comunidade negra.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s